January 29, 2013

Depois de 15 verbetes “extras”, é mais sensato assumir que são uma mera continuação dum fim que não houve. Continuemos portanto. De agora em diante, os verbetes serão considerados todos ordinários, até que o término desta empreitada seja levado mais a sério que o seu início.

December 28, 2012

Leitores e leitoras, termina aqui o Dicionário Invertebrado. Desde o primeiro verbete, lançado a 17 de fevereiro de 2008, segundo o calendário gregoriano, foram muitos os caminhos e os desvios desta saga lexicográfica. Hoje, 254 verbetes depois, terminam os dias de publicação virtual. Não faço idéia do que esperar, se o Dicionário boiará em eterna virtualidade, se será lido e apreciado por um público maior, se morrerei sem saber… Meu desejo sincero é que dê algum fruto, bons frutos – discretos, silenciosos, poucos, raros, inesperados, tanto faz. O conteúdo está disponível para quem quiser vir e voltar, ler e reler, visitar e revisitar, conhecer ou sofrer mais de uma vez. Fique à vontade.

Um grande abraço,

I.T.

18|12|2012

October 16, 2008

Hoje, 16 de Outubro, é uma data especial para este blógue: o dia do dicionário. Infelizmente, não se comemora no Brasil. Bem, e daí? Celebramos assim mesmo o aniversário do lexicógrafo Noah Webster, cujo sobrenome dispensa apresentações (quem nunca teve um dicionário Webster em mãos?). Já se vão exatos 250 anos desde seu nascimento.

Parabéns para Webster e ao seu dia, mas aproveito para lembrar do primeiro dicionário da língua portuguesa, o Vocabulário Portuguez e Latino, do padre Raphael Bluteau – nascido inglês, londrino, filho de franceses. Já se vão 370 anos. Redondos. Comemoremos também.

No saite do IEB (Instituto de Estudos Brasileiros), da USP, é possível conferir a obra de Bluteau. Eles prometem disponibilizar nos próximos meses o Diccionario da Lingua Portuguesa (1813) de Antonio de Morais Silva, brasileiro e também pioneiro na lexicografia da inculta e bela.

June 21, 2008

Amigos, chegamos ao verbete 50. São cinco meses de existência, dez definições por mês, duas a três por semana, e muito (muito) a escrever. Agradeço aos leitores que acompanham o Dicionário Invertebrado, e comentam, e recomendam, e ainda não fizeram denúncias para que uma intervenção clínica seja providenciada. Nesse meio tempo, iniciei outro blogue, A Mosca Azul. Vai a toda, passa bem, obrigado. Não obstante, este Dicionário continuará sendo atualizado todas as semanas, como sempre.

Até o verbete 51, se Deus quiser, terça que vem.