February 20, 2013

293. Texto. Trama de palavras que, uma vez costurada, pode vestir leitores com e sem estilo, na moda ou fora de seu tempo; textura que também encobre nossas vergonhas condignamente, porém, às mais das vezes, seria melhor rasgada, para que nada se ponha entre o contemplador e a verdade ocultada entre suas linhas.

February 19, 2013

292. Inferno. A contra-indicação dum mesmo remédio, também prescrito como Paraíso.

February 18, 2013

291. Secularização. A pretensão de colocar o homem no centro do mundo, enquanto simplesmente se inocula o mundo no centro do homem.

February 17, 2013

290. Consciência. Professora de coração mole, cuja filha, Vontade, teima em inverter os papéis e dar ordens à mãe, que termina por ceder a seus caprichos, com o consentimento e desatenção do pai, Amor, que nunca se encontra em casa.

February 15, 2013

288. Amor de salvação. Ancião Callistratus: Alegria cujo preço é o sacrifício; vida cujo preço é a morte.

289. Amor de perdição. Camilo: “imaginou desvairadamente as quimeras que voejam, ora negras, ora translúcidas, em redor da fantasia apaixonada. Não há baliza racional para as belas, nem para as horrorosas ilusões, quando o amor as inventa.”; “Amou, perdeu-se e morreu amando”.

February 14, 2013

287. Esperança. São Paulo, o Apóstolo (Rm 5.3-4): “a tribulação produz paciência. E a paciência, experiência; e a experiência, esperança.”

February 12, 2013

286. Confissão. Autotestemunho que firma a primeira autobiografia verdadeira e, talvez, a única possível.