December 28, 2012

255. Fim. Se não nada mais, nada mais senão mais nada.

Advertisements

December 21, 2012

245. Inversão. Aversão à versão.

December 18, 2012

242. Estereótipo. Generalidade palpável para guiar os que não tem tato – mais sólida que as formas de um mapa, menos consistente do que a dureza de coração de quem a consulta.

December 17, 2012

240. Lembrancinha. Um presente para ser esquecido.

December 11, 2012

233. Freudianismo. Nabokov: Prática entretida a aplicar “mitos gregos às partes íntimas”.

December 7, 2012

230. Despeito. Um desprezo desprezível.

December 1, 2012

227. Quixotesco. Alguém que acredita mais naquilo que imagina do que imaginaríamos poder acreditar.